Saturday, June 07, 2008

OBAMA E O OPENOFFICE


Um blogueiro norte-americano chamado Phil Shapiro, educador em Washington DC, escreveu recentemente que um dos primeiros atos executivos de Barack Obama pode ser implementar o OpenOffice como padrão da administração pública federal norte-americana. Escrevi para amigos que fazem a campanha de Obama para saber se isto pode, de fato, acontecer.

É interessante reafirmar que o padrão de documentos abertos ODF, que já é uma norma ISO, foi implementado pelo OpenOffice. Vários governos estão discutindo a adesão ao OpenOffice, exatamente porque o formato aberto, não-proprietário e internacional que utiliza garante que textos e planilhas feitas hoje possam ser abertas no futuro, independentemente de um produto ou da política de uma empresa.

3 comments:

Bianca said...

Muito bom!
Só não acredito em um comentário no post do cara: "If you have ever been in Brazil, you would be aware the country is afficted with poverty that one would have to see to believe. The reason the government uses free software is simply economics. Obviously, economics is a couse you either failed to take or slept thru. Obama is another step in turning America into another Brazil, just another third world banana republic. You really should study the mans history, remember the evil men do lives long after them. If you want to vote for the enemy, great, don't cry after he is in office. I wouldn't vote for a muslim for dog catcher."

http://blogs.pcworld.com/communityvoices/archives/2008/06/your_second_eco.html

Tory said...

Comentário absurdo! :0

Anonymous said...

Obviamente um comentário de um "extrema direita", como tantos outros norte americanos - eu não estranho; morei lá 10 anos e a desinformação que a mídia promove "naquele país" (não vale a pena citar o nome) é a maior responsával por isso. A "cultura do medo", que está pegando por aqui também - infelizmente, é o que controla as pessoas lá. E é muito fácil controlar pessoas amendrontadas. Vamos ficar de olhos abertos e não permitir que isso aconteça aqui.