Wednesday, April 25, 2007

MUSEEKA DECIFROU O DNA DA MÚSICA?

Ana Paula de Andrade foi minha aluna na Cásper Líbero. Ela agora está na Suiça. Hoje recebi um e-mail dela. Trata de um assunto super-interessante. Vejam:


"Caros amigos, sou jornalista e estou trabalhando em um novo projeto chamado "Museeka", que vem a ser uma nova oferta de entretenimento na internet. A proposta do "Museeka" é ser o Google da música na internet, um local onde seja possível encontrar tudo e todos os tipos de música. O que o Google é para a pesquisa na rede, o "Museeka" será para a música. A diferença é que o "Museeka" conta com um trabalho de engenharia musical inédito, que permitirá aos usuários descobrir novas músicas que se enquadram no seu gosto musical, além de novos artistas. Os engenheiros do "Museeka", com a ajuda da Universidade de Lausanne (Suíça) decifraram o DNA da música e, assim, tornou-se possível combinar sonoridade musical, vocal, instrumental e de arranjos. Então, a proposta é não só fornecer um play de músicas, mas permitir aos internautas descobrirem mais músicas das quais gostem. O site não venderá música. Olhem aqui: www.museeka.com O lançamento será em outubro, mas vocês já podem assinar a newsletter e receber as novidades por e-mail.
Já estamos em negociação com gravadoras e selos, e a proposta é estrear com no mínimo 2 milhões de músicas. Em breve faremos testes com o público. O "Museeka" está sendo desenvolvido em Genebra, na Suíça, por um grupo que conta com alemães, dinamarqueses e suíços. Abraços e Conto com a visita e inscrição de vocês no website.

PS: colegas jornalistas, em breve daremos início oficial ao trabalho de RP e assessoria de imprensa. Desde já podem contar com minha colaboração, caso precisem."

3 comments:

Silveira Neto said...

Um projeto já bem maduro e bem semelhante é o Jamendo.
Através dele você pode escutar, baixar e descubrir novas músicas através de uma rede de afinidades. As músicas são todas creative commons e o portal oferece inclusive um sistema para que você doê dinheiro para um grupo que você gosta.
Uma ótima maneira de divulgar seu trabalho e de conhecer coisas novas. Já tem até alguns brasileiros por lá.

Umberto said...

Olá Sérgio,

Gostaria de trocar informações a respeito de Inclusão Digital no Brasil. Minha monografia do MBA que estou cursando será sobre Inclusão Digital no Brasil e como projetos aqui bem-sucedidos podem ser aplicados a Moçambique, país que morei por 2 anos e tenho imenso interesse.

Meu email é umberto at dissenha dot net

Grato pela atenção

Abraços

Umberto

Ana Paula de Andrade, jornalista de SP, Brasil said...

Serginho, quanto tempo! Obrigada pelo espaço no teu blog. Fico feliz que o assunto tenha rendido e gerado um segundo post. Quanto ao Museeka, é realmente bem interessante e a tecnologia é nova e inédita. Em breve eles farão testes com o público e você será meu convidado para testar a novidade e dar seu feedback. Um grande abraço, saudades.