Tuesday, April 22, 2008

THINGS HACKERS DETEST AND AVOID



No sábado, último dia 19 de abril, apresentei no FISL 9.0 algumas idéias sobre a atual conjuntura da rede mundial de computadores. Chamei a exposição de INTERNET SOB ATAQUE: AS TENTATIVAS DE CONTROLE DA REDE E O COMBATE À CULTURA HACKER.

Quando estava preparando o texto reuni uma série de materiais. Um deles é o interessante The Hacker Manifesto, escrito originalmente em 1986 (antes da rede, portanto) pelo The Mentor. Você acessa aqui. Um dos trechos interessantes que encontramos navegando pelo site é este:

Things hackers detest and avoid:

IBM mainframes. Smurfs, Ewoks, and other forms of offensive cuteness. Bureaucracies. Stupid people. Easy listening music. Television (except for cartoons, movies, the old "Star Trek", and the new "Simpsons"). Business suits. Dishonesty. Incompetence. Boredom. COBOL. BASIC. Character-based menu interfaces. Anything Microsoft.

- From the Jargon file (more or less).

4 comments:

Nael said...

achei interessante sobre o tema,Você poderia disponibilizar esse material?
[]

Tiago Madeira said...

Em primeiro lugar, assisti "O Fantasma do Espectro" e seus discursos foram geniais. Parabéns!

Em segundo, gostaria de saber se existe gravação em vídeo destas suas duas apresentações (O Fantasma do Espectro e a Internet sob Ataque). Você sabe me informar?

Anonymous said...

Menos de 1% dos usuários devem usar P2P, VOip, Etc, e isto já leva a frágil rede dos provedores ao limite, quanto a capacidade de tráfego de dados. Para garantir que 100% do clientes tenham acesso pleno a rede um UPGRADE enorme nas estruturas fisicas será necessário, com investimentos astronômicos inviabilizando o negócio no momento
o bloqueio do sinal via traffic shapping e packet injection é uma alternativa temporária, desleal é verdade.

Minha Teoria:
http://www.abusar.org/virtua_teoria_consp.html

Anonymous said...

Alô! acho interessante, em falando-se de cultura hacker, dar uma olhada em http://catb.org/~esr/faqs/hacker-howto.html
inté. Márcia