Thursday, July 17, 2008

ALERTA: DEPUTADO APRESENTOU PEDIDO DE URGÊNCIA NA VOTAÇÃO DO PROJETO DO AZEREDO NA CÂMARA

Pedro Paranaguá (FGV) me informou que ontem, 16/07/08, na Câmara dos Deputados, foi apresentado o Requerimento 3023/2008,do Dep. Julio Semeghini (PSDB/SP), com apoio de vários líderes de partidos, inclusive PT e PC do B, pedindo urgência "para apreciação do Projeto de Lei n. 84, de 1999".

O link do requerimento é este http://www.camara.gov.br/sileg/prop_detalhe.asp?id=15028

O PL 84/99 é o 89/03 do Senador Azeredo que foi aprovado no Senado, ou seja, o próprio projeto de cibercrimes.

A aprovação do Requerimento significa que o projeto será votado logo na a Câmara. Caso a Câmara aprove o projeto do Senador Azeredo, ele irá para a sanção da Presidência da República.

14 comments:

joão sérgio said...

Vamos fazer pressão sobre os deputados http://www.camara.gov.br/internet/portalrelacionamento/defaultdeputados.asp

Vladir Lemos, jornalista said...

Caro Sérgio,

seria muito bom que as pessoas tivessem consciência do quanto decisões desse tipo poderão influir em suas vidas num futuro breve.

Abraço

Anonymous said...

Esta lei não atende outros interesses além dos da indústria de entretenimento. E, mais que tudo, ela está se antecipando a uma diversidade de coisas. Só para citar uma: a TV digital já vai nascer bloqueada para cópias pessoais da programação, por esta lei.

Bernardo said...

Enquanto tivermos essa corja representantes das grandes indústrias, ou generalizando, das elites, este país não vai melhorar nem um pouco.
Dilvulgação do abaixo assinado nas ruas e nos e-mails já... no Orkut também!

baixedetudo said...

Sinceramente esse senhor deputado não tem o que fazer, ele deveria se preocupar com coisas mais importantes.

Becky said...

relaxem pessoal... que leis funcionam aqui neste país? rsrs

RaXeL said...

Leis como estas acabam ferindo o direito de ir e vir do cidadão.
Terrível...

Marcos A.T. Silva said...

Toda essa pressa em aprovar este projeto deveria provocar pelo menos uma certa estranheza na população.

Mas o que ocorre é que, infelizmente, isso tudo está passando meio que batido pela "grande massa".

Será que ninguém ainda parou pra pensar nos interesses que podem estar por trás disso tudo, no quanto seremos prejudicados caso este projeto seja aprovado?

Mas infelizmente, acho que esse projeto vai ser aprovado. Do jeito que estão fazendo as coisas, "na surdina", não vai dar outra. :(

Anonymous said...

*sanÇão

...Ximenes... said...

De fato esses caras não vivem no Brasil. Ao invés de incentivos à disseminação da cultura viva, eles preferem barra-la.

Valeu pela dica do site João Sérgio! Já mandei a minha reclamação pra eles.

Abraços

Rogerio Luis Pimenta Ribeiro said...

Não tem como colocar isso nos Jornais não?

LucianaWeb said...

Queria te enviar um email, fazer umas perguntas. Seria possível?
Meu contato esta na URL.

Anonymous said...

Puxa, finalmente alguém pensou em algo assim. Já estou cansado de receber SPAMS de produtos que odeio ou nunca vou comprar. Ao menos, com essa lei, os HACKERS - ao se apossarem das listas de cadastro do que cada pessoa gosta - enviar-nos-ão somente propagandas de produtos decentes;e não aquele monte de lixo que sempre vem.

Tomara -apenas - que bandidos/estorquistas/estelionatários/corja/etc não tenham acesso à essa lista do que cada um faz, pois seria um prato cheio pra eles!!!

Anonymous said...

É mesmo. Será que a lei do Azeredo vai permitir prender os caras do mensalão? O pessoal que manda spam nas eleiçòes lá em Minas? Será que quem usar a Internet pra roubar os cofres públicos vai prá cadeia... Será que os caras que fajutam licitações em empresas de informática vão em cana?