Friday, July 18, 2008

VEJA O QUE ACONTECERIA COM QUEM BAIXOU O FILME TROPA DE ELITE SE O PROJETO DO AZEREDO FOSSE LEI...


CENA UM
Você está ouvindo o quadro do Caubi & Manuel numa certa manhã na rádio TTN. Começa prestar a atenção no debate e fica sabendo que existe um filme polêmico chamado Tropa de Elite. Manuel afirma que o filme não pode ser chamado de fascista. Mostra a realidade do BOPE e do crime no Rio.

CENA DOIS
Você pensa: que interessante! Vou ao cinema ver este filme. Ao folhear o jornal não encontra nada sobre ele. Será que já saiu de cartaz? Vai a locadora e nada. Comenta com um amigo. O amigo avisa que este filme não entrou em cartaz, mas que todo mundo já viu.

CENA TRÊS
Você pensa: como os caras discutiam no rádio cenas do filme que ainda não está em cartaz, nem nas locadoras?
Logo esquece. Mas ao ligar o computador, lembra de dar uma busca no LimeWire. Ôpa! Lá está o filme.

CENA QUATRO
Começa a baixar o filem Tropa de Elite. Em uma rede P2P, os arquivos que entram em seu computador vão para um diretório específico e ficam a disposição para serem requisitados por outros computadores.

CENA CINCO-A
Você sabe que em uma rede P2P quanto mais computadores tiverem baixado o filme mais rapidamente você poderá baixá-lo. Por que sua máquina tem mais opções para obter pedaços do filme. Como o filme está em arquivos digitais, ele pode ser quebrado em pedaços de informação transformados em dados para trasitar na rede mundial de computadores. Você sabe também que no sistema BiTorrent, a velocidade de download segue a velocidade de upload, ou seja, para baixar rápido os pacotes do filme você precisa subir rápido estes pacotes para outras pessoas que queiram copiá-los.

CENA CINCO-B
Uma rede BitTorrent (um dos protocolos P2P mais usados) transforma todos os computadores em servidores de arquivos. Assim, quando se baixa um filme, os seus pacotes poderão vir de milhares de máquinas que contém o filme. Não há necessidade de um servidor central, não há gargalos. A comunicação é completamente descentralizada.

CENA SEIS
Começa o caso policial. O seu Provedor de Acesso à Internet recebe uma denúncia da Associação Brasileira dos Amigos do Azeredo (ABAA, braço da MPAA e da RIAA) que o filme Tropa de Elite, obtido pelo acesso não-autorizado a um dispositivo restrito de comunicação (Art. 285-A e 285-B), sem autorização do seu legítimo dono, está sendo transferido por centenas de usuários nele inscritos.

CENA SETE
Seu Provedor fica na seguinte situação: Pegar a relação de todos os usuários que utilizaram a rede P2P (o provedor tem como identificar) e passar para a Polícia, livrando a sua barra de qualquer acusação futura OU dizer à ABAA que não tem como saber que tipo de arquivos foram compartilhados nas diversas redes P2P que seus usuários utilizam, portanto a denúncia não é fundamentada.

CENA OITO
Para o seu azar, o diretor do seu provedor é um sujeito medroso e que não está nem aí para o direito das pessoas, para a defesa da privacidade. Enquanto outros provedores dizem Não! a absurda solicitação da ABAA, o seu diz Sim! Para seu azar ainda maior, a ABAA resolve pegar entre os 69 mil nomes de usuários do provedor entregues SIGILOSAMENTE à Polícia (Art. 22) uma amostra de 20 ativos usuários de P2P. Bingo: você é um deles.

CENA NOVE
Não importa que você use a rede P2P principalmente para baixar músicas licenciadas em Creative Commons do site do Jamendo (www.jamendo.com). Não importa. Você entrou na estatística de grande usuário da rede P2P. Não importa que você nunca tenha baixado um filme copyrightado. Não Importa! Não importa que outra boa parte do seu intenso uso de P2P seja devido a TV MIRO, legalmente constituída na Internet sem violação de lei alguma. Não importa!

CENA DEZ
A ABAA, inspirada nas ações exemplares da ABES (Associação Brasileira de Empresas de Software), resolve pedir que as autoridades realizem mandados de busca e apreensão do material obtido ilegalmente e disponibilizado na rede violando os Art. 285-A e 285-B. Um juiz sensibilizado dá o mandado. A Polícia avisa a imprensa e sai em comboio com sirenes ligadas pelas ruas da cidade.

CENA ONZE
Você está em casa, ainda de bermudão, pensando em como resolver aqueles problemas do trabalho quando repentinamente ouve um tumulto na frente de sua humilde casa. Como diria Chico Buarque, "era a dura, numa muito escura viatura, minha nossa santa criatura..." Você até aquele dia, um cidadão limpo, honesto, que não roubava nem em jogo de truco, que nunca participou do esquema do mensalão... agora era um evidente CRIMINOSO!

CENA DOZE
-- Como assim, seu guarda? Quer ver o meu computador?
-- Ver não, ô meliante, viemos aqui levar. É prova de violação do Código Penal. Pode ir se trocar porque terá que nos acompanhar até a Delegacia...

CENA TREZE
Cinco horas depois, o Delegado incumbido do caso declara:
-- Foi encontrado no computador do meliante, o filme Tropa de Elite, subtraído de um HD em uma gravadora do Rio de Janeiro por uma quadrilha que ainda não foi identificada. Isto viola os artigos 285-A e 285-B. Entretanto, não há indícios que tenha sido o meliante que acessou sem autorização aquele dispositivo restrito.
-- Então, Doutor por que o rapaz está detido?
-- Por que ele violou o Artigo 285-B que não permite distribuir na rede material não autorizado ou em desacordo com a autorização do titular do dispositivo ou do sistema informatizado. Positivo?
-- Como ele fazia isto?
-- Ele participava de uma rede BitTorrent e subia pedaços dos arquivos obtidos ilegalmente para outras máquinas. Positivo? Já estamos providenciando a perseguição dos pessoal envolvido.
-- Quantos são?
-- Bom, depende dos dados do provedor. Mas já suspeitamos de milhares... Sem dúvida é a maior quadrilha que já vi atuando. Positivo?

CENA QUATORZE
Seu advogado diz, fique calmo você tem curso superior e é réu primário. Estuda e trabalha. Tem residência fixa e nennhuma passagem pela polícia. No máximo irá cumprir pena de entregar umas cestas básicas... Além disso -- diz o advogado -- você pode dizer que não sabia como funcionava uma rede P2P... Diga que nunca mais irá usá-la...

CENA QUINZE
ASSIM, você e milhares de internautas se tornaram criminosos perigosos. Sem vergonhas! Devem ser perseguidos e enjaulados. "É, mas o problema é que logo vem esse pessoal dos direitos humanos... e arranjam um juiz e soltam vocês. Filhos do cão! Criminosos. Um dia vocês irão pagar por esses CRIMES que envergonham nossa sociedade!!!!

CENA DEZESSEIS
Fim.

TRILHA SONORA

...Tropa de Elite osso duro de roer
pega um, pega geral
e também vai pegar você...

LETREIROS

ESTA história é completamente baseada em fatos que ainda não ocorreram. Portanto, só existe em potência.

INFORMAÇÃO VERÍDICA

O Filme Tropa de Elite foi o maior sucesso de bilheteria do cinema nacional. Ao mesmo tempo, foi o filme brasileiro mais compartilhado em redes P2P.

CONCLUSÃO
Os advogados que defendem o projeto do Azeredo podem afirmar SEM DÚVIDA que as redes P2P não serão criminalizadas?

18 comments:

Leandro Salem de Oliveira said...

Nos EUA existem serviços de download e P2P pagos que são alternativas viáveis aos serviços não-remunerados. O o Hulu que é o maior deles com quase 4 milhões de assinantes. Ou seja, gente que não quer receber um monte de babosiras da TV a cabo, muito menos ficar restrito ao horário (bem ruim) na maioria das vezes.
Mas não entendo como no Brasil tal serviço não existe. É um nicho de mercado com um letreiro enorme piscando escrito: "Grana,grana!!!" e ninguém teve a audácia de ir lá explorar. Veja isso por exemplo: http://www.meiobit.com/internet/musica-digital-nao-vende-no-brasil-my-ass

Furduncio said...

Tem como saber quais foram os senadores que aprovaram a lei de Azeredo?

Em que lugar do site do senado fica isso?

Eduardo Costa Lisboa said...

Vai ser complicado ter que ficar se escondendo atrás de proxies para evitar ser pego pela polícia por trocar arquivos via P2P.

E outro problema é criminalizarem a pessoa apenas pelo uso de ferramentas P2P, independentemente de os arquivos trocados serem legalizados ou não. Já pensou ser preso por baixar um CD/DVD do Linux via bittorrent?

Lucia Freitas said...

Sérgio
Parabéns pelo lindo post. Alerta geral aceso. Acho que a gente consegue as 100 mil até o fim do mês sim. A questão é: com a urgência na Câmara isso vai adiantar?
A gente tem que correr e pressionar já!!!

Leandro Salem de Oliveira said...

Eu fico me perguntado como eles vão dissociar o download ilegal do legal. E se eu estiver baixando de forma legal usando o iTunes ou o Livestation?
E mesmo que seja um programa ilegal como eles vão saber se eu não estou baixando um cd do Radiohead oi do Nine Inch Nails. Protocolos são criptografados. Para haver esta dissociação teriam que mudar toda a estrutura de protocolos desde o http até o ftp. teriam que reinventar a internt, o que seria impossível.

Anonymous said...

Só tem um jeito de cumprir o artigo 285 ESPIONANDO TODO MUNDO e quebrando a privacidade. Isso sim é Big Brother Brasil.

Leão Fenaio said...

Cabe muito bem citar Ayn Rand:

"There's no way to rule innocent men. The only power any government has is the power to crack down on criminals. Well, when there aren't enough criminals, one makes them. One declares so many things to be a crime that it becomes impossible for men to live without breaking laws. Who wants a nation of law-abiding citizens? What's there in that for anyone? But just pass the kind of laws that can neither be observed nor enforced nor objectively interpreted and you create a nation of law-breakers."

Anonymous said...

Tem uma traducao da lei do Azeredo para o ingles rolando pela internet. Seria muito legal se a comunidade internacional nos desse uma maozinha... Que acha Sergio?

http://www.nardol.org/2008/7/18/the-new-brazilian-internet-surveillance

Amanda said...

Sou totalmente contra a lei, mas será mesmo que seria tudo isso? Talvez no começo. Nesse país eles não prendem os bandidões, que matam dezenas, vão prender um nerd azarado?

carloshenrique said...

íncrível este país! Enquanto os que roubam o dinheiro do povo, e se envolvem nos "mensalões da vida", ficam soltos, e recebem habeas-corpus, ou melhor dizendo: habeas-liberdade, os nossos nobres deputados e senadores, que pouco têm o que fazer, em vez de ouvir a população e de realmente fazer a vontade do povo criam leis, que se aprovadas podem justamente criminalizarem os próprios cidadãos de bem.
Devia ter nesse país a seguinte lei: "Toda a lei antes de ser aprovada pelo Senado ou pela Câmara dos Deputados, deve ser votada pela população brasileira em geral num plebiscito Nacional, e para isto a população deve ter uma cópia completa desta lei. E, se caso a população brasileira não aprovar esta lei, ela deverá ser arquivada.
Toda a Lei para ser aprovada deve ter três quartos dos votos de todos os cidadãos brasileiros. E esta lei não pode ser revogada sob quaisquer argumentos." Seria bom se nesse país tivesse uma lei dessas. Quem sabe aí muitas leis que só prejudicam a população nem seriam aprovadas ou sancionadas. E, aí sim, seria democracia realmente.

Hitsugaya said...

Correção, eles não prendem bandidões cheios de grana(R$) e com alto poder politico(amigos na camara e coisa tal...)
Ja os pobres, que se ......
Um absurdo querer restringir a liberdade dos internautas de transferirem o que quiserem quando quiserem!

Gaboo said...

Eu acho que a pior parte disso tudo é ver que enquanto nós temos que engolir todos os escândalos desse país, que tem seus suspeitos inocentados descaradamente, que se faz de cego enquanto uns filhos da puta enriquecem com o dinheiro que eu pago esse imposto ABSURDO, existe alguém preocupado em acabar com a liberdade de se conseguir um pouco de CULTURA que é tudo que esse país precisa.
A internet como fonte de aquisição de conhecimento não é levado em conta, assim como tudo que diz respeito a educação nesse país que busca a ignorância dos seus habitantes, para que esses políticos imundos ainda posssam se eleger por qualquer trocado...

"parabéns coronéis, vocês venceram outra vez"

Marcello Orsi said...

O azeredo não é aquele de pu ta do que ficou famoso com o mesalão tucano?
Ou eu estou trocando os nomes?

lucas jardim said...

Não concordo com essa lei a acho que ela sim, deveria ser presa, junto com o autora, dentro de uma cela e jogada a chave fora... tanto que eu assinei a petição,Mas sinceramente acredito que essavai ser mais uma dessas leis que nunca pegam, ate pq a policia não tem pessoal nem equipamento sufuciente para fazer esse tipo de rastreamento, ou seja e uma lei que não pode ser fiscalizada. As proprias autoridades ja admitem isso e sabem que prender alguem por esse tipo de ação e no minimo um deseperdicio de tempo e dinheiro, ja que 90% do usuários frequentes de internet usam redes P2P (Provavelmente dentre eles o proprio Azeredo ou seus filhos a familiares proximos).

adecaol said...

os karas so tao fazendo isso pq tao ganhado o deles pro tras, das produtoras e afins q perdem o lucro com a pirataria...
mas como varios jah disseram ai, como saber o q eh pirataria e o q naum eh??

parebens pelo post...

abraços

Isaque V.S. Alves said...

Por essas e mais outras, vou procurar saber quem foram os abjetos que votaram a favor, e na próxima eleição, a gente paga pra ver se eles vão eleitos... a gente faz uma campanha contra as campanhas deles...
Quem eles pensam que são?
quem coloca eles lá é a gente...

Anonymous said...

A boa para resolver esse problema seria criar um protesto, na internet assim ,
""" Nunca mais vote em Azeredo"""
num pais democratico eleger um Ditador é "Foda"

astorg04 said...

Como pequenas coisas podem nos levar a ruinas. Tsc Tsc...