Monday, July 07, 2008

SENADOR NORTE-AMERICANO QUE PROPÔS LEI DO "PROVEDOR DEDO-DURO" DIZ QUE É UM "ANALFABETO DIGITAL"



O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, Senador McCain se definiu como "um analfabeto em matéria de informática". Mesmo assim, ele foi um dos proponentes da Lei que permite impor multas de até 300 mil dólares "as empresas que não informem às autoridades os textos, fotografias e vídeos ilegais".

Será que é por isso que enquanto Obama arrecadou mais de 130 milhões de dólares dos internautas, McCain não chegou a 25 milhões, dos quais a maior parte dos recursos vieram de fora da Internet.


Leia matéria a excelente sobre Obama e McCaim no El pais:
http://www.elpais.com/articulo/internacional/secreto/Obama/Red/elpepiint/20080707elpepiint_9/Tes/

1 comment:

liberdade de expressão said...

É, mas o senador e candidato democrata Barack Obama também gosta de leis totalitárias de controle da comunicação, como podemos ver aqui:

Senado dos EUA 'moderniza' lei de espionagem
http://liberdadedeexpressao.multiply.com/journal/item/267

Tanto nos EUA como no Brasil, sempre há os auto-proclamados 'progressitas' (sic) a favor de maior censura, repressão e controle sobre a população.

Como Aloizio Mercadante (PT-SP) e Eduardo Azeredo (PSDB-MG), por exemplo:

Senado aprova projeto de lei que tipifica crimes cometidos na Internet
http://tecnologia.uol.com.br/ultnot/2008/07/10/ult4213u492.jhtm